jogos libertadores 2023

Dar tranco no carro, estraga?

dar tranco carro
dar tranco carro

Sabemos que quando um carro está sem bateria, ou com o motor de partida apresentando problemas, a única maneira que pensamos de fazer funcionar esse carro é dando tranco.

O que significa exatamente dar tranco no carro? E será que essa prática estraga o motor ou algum outro componente do veículo?

Vamos ver a resposta:

O que é “dar tranco”?

Dar tranco é a prática de empurrar o carro, para ele atingir uma certa velocidade (também pode ser usada uma ladeira, para o carro ganhar velocidade sozinho), engatar a segunda marcha, e soltar rapidamente o pé da embreagem.

Isso faz com que o carro funcione o motor sem precisar dar a partida, pois o motor acaba sendo movimentado pelo movimento forçado das rodas.

Mas esta prática pode trazer alguns problemas. Vamos ver:

Como dar tranco no carro?

  1. Coloque o veículo em ponto morto e solte o freio de mão.
  2. Empurre o carro com a ajuda de outras pessoas ou, se for um carro menor e mais leve, você pode fazer o procedimento sozinho.
  3. Se a rua for uma ladeira, fica mais fácil, aponte o carro para baixo e acione o freio de estacionamento.
  4. Dentro do veículo, gire a chave, até as luzes do painel acenderem, e pise na embreagem.
  5. Use a segunda ou terceira marcha, solte o freio de mão e deixe o carro rodar.
  6. Quando o veículo atingir cerca de 10 km/h, solte a embreagem e aperte o acelerador.
  7. Pressione novamente a embreagem e os freios após o motor dar partida.
  8. Acelere para garantir que o motor continue funcionando e dirija o carro por alguns quilômetros para carregar a bateria, se bateria zerada for o problema em questão.

Dar tranco pode sim trazer problemas

Dar tranco no carro uma vez ou outra, muito de vez em quando, apenas em uma situação de emergência, não vai estragar nada no seu carro.

Mas no geral, não é uma prática recomendada devido aos riscos de danos e problemas que isso pode causar ao veículo.

Ao dar tranco no carro, existem diversos riscos envolvidos. A injeção eletrônica, a correia dentada e os circuitos eletrônicos do veículo podem ser danificados, resultando em reparos e prejuízos financeiros.

Além disso, os motores modernos são mais sensíveis e podem sofrer sobrecarga durante o procedimento, levando a problemas mais graves no motor.

Outra questão preocupante é a segurança do motorista e dos passageiros. Dar tranco no carro pode resultar em acidentes, principalmente se o veículo não pegar no tranco imediatamente.

Além disso, empurrar o carro em vias públicas pode expor os envolvidos a riscos de trânsito e lesões.

Como ter menos chances de problemas mecânicos ao dar tranco?

Existem algumas coisas que podem ser feitas para que “dar o tranco no carro” não cause tantos problemas ao seu veículo.

Usar uma marcha mais alta é uma delas. Se o carro estiver em uma descida, e for pegar embalo mais facilmente, você pode engatar a terceira ou mesmo quarta marchas, ao invés da segunda. Assim o tranco será mais suave.

Na hora de soltar a embreagem, faça isso de maneira mais suave. O tranco não vai ser bem sucedido apenas se você soltar a embreagem de uma vez, rapidamente. Fazer isso suavemente também traz o resultado desejado.

Como identificar problemas antes de dar tranco no carro?

Antes de considerar dar tranco no carro, você pode realizar algumas verificações para identificar possíveis problemas que possam estar impedindo o veículo de funcionar corretamente.

Uma das primeiras verificações que você pode fazer é na bateria do carro. Verifique se há sinais de corrosão nos terminais da bateria e se ela está com carga suficiente para ligar o motor. Se a bateria estiver descarregada, é recomendado recarregá-la ou substituí-la antes de tentar dar tranco no veículo.

Além disso, verifique o sistema de injeção de combustível do carro. Verifique se há combustível no tanque e se os filtros de combustível estão limpos e em boas condições. Problemas no sistema de injeção podem dificultar a partida do veículo.

Outra verificação importante é a correia dentada. Veja se a correia dentada está em bom estado, sem sinais de desgaste ou rompimento. A correia dentada desgastada ou danificada pode afetar o funcionamento do motor e impedir a partida do veículo.

Perguntas frequentes

Dar tranco no carro estraga?

Dar tranco no carro pode causar danos e riscos ao veículo, comprometendo sua segurança e a dos ocupantes. Mas o tranco pode ser dado se for apenas de vez em quando, em situações realmente emergenciais.

Como dar tranco no carro?

Para dar tranco no carro, coloque-o em ponto morto, solte o freio de mão, empurre o veículo com a ajuda de outras pessoas. É recomendado apontar o carro para baixo em ruas inclinadas e engatar o freio de estacionamento. Dentro do veículo, gire a chave e pise na embreagem. Use a segunda marcha, solte o freio de mão e deixe o carro rodar. Quando atingir cerca de 10 km/h, solte a embreagem e pise no acelerador. Pressione novamente a embreagem e os freios, acelere para garantir o funcionamento do motor e dirija o carro por alguns quilômetros para carregar a bateria.

Como identificar problemas antes de dar tranco no carro?

Antes de considerar dar tranco no carro, é importante verificar se há outros problemas que podem estar impedindo o veículo de funcionar corretamente. Verifique a bateria, o sistema de injeção de combustível, a correia dentada e outros componentes mecânicos do veículo. Realize a manutenção preventiva regularmente para evitar problemas futuros e prejuízos.

O que fazer em caso de pane no carro?

Em caso de pane no carro, o mais recomendado é chamar um guincho e levar o veículo até uma oficina mecânica de confiança. O guincho irá remover o carro do local de forma segura e a oficina mecânica poderá diagnosticar e resolver o problema corretamente. Evite dar tranco no carro, pois isso pode causar danos e prejudicar ainda mais o veículo.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




Autor: Eber do Carmo

Fundador do jogos libertadores 2023, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no jogos libertadores 2023, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.

jogos libertadores 2023 Mapa do site