jogos fluminense 2023

Mercado brasileiro tinha 15 opções de sedãs 0km até R$ 55 mil, em 2012, veja todos

Não precisamos voltar muitos anos no passado para encontrar um momento em que o consumidor brasileiro preferia tipos diferentes de carros, e não apenas SUVs, como acontece hoje.

No ano de 2012, o mercado brasileiro tinha nada menos que 15 sedãs disponíveis para o comprador. E não estamos falando de carros de luxo, todos eles tinham um preço máximo em torno de R$ 55 mil.

Na ocasião, os sedãs compactos estavam sendo esticados, para servirem para famílias, com suas bagagens.

O Siena virava Grand Siena, e também dois sedãs compactos bons de espaço interno estavam chegando ao mercado do Brasil, o Chevrolet Cobalt e também o Nissan Versa.

Veja todos estes modelos e alguns detalhes sobre eles:

Peugeot 207 Passion

peugeot 207 sedan 17
peugeot 207 sedan 17

Em 2012, o Peugeot 207 Passion ficava entre os sedãs com vendas mais fracas do país.

Isso acontecia pois seus preços eram altos, o espaço interno era bem limitado e o desempenho era mais fraco do que vários concorrentes.

Além disso, ele era um dos modelos mais beberrões dentro da cidade, com seu motor 1.6 16v.

JAC J3 Turin

jac j3s turin preto 2015 1
jac j3s turin preto 2015 1

O preço do JAC J3 Turin era seu principal destaque. Custava apenas R$ 38.990, valor menor do que todos os seus concorrentes diretos.

Ele até que tinha desempenho razoável, mas tinha o valor de seguro mais alto e também era o único modelo não Flex, bebia apenas gasolina.

Mas a direção era muito anestesiada, e a suspensão, mole demais para os gostos brasileiros.

Renault Logan

logan 2008
logan 2008

O Renault Logan ainda era vendido naquela carroceria original, toda quadradona. Seu enorme espaço interno foi o que inspirou modelos maiores a serem vendidos, como foi o caso de Versa e Cobalt.

O desempenho também era interesante, com um motor 1.6 8v de 95 cavalos.

O que se pode reclamar do Logan é seu projeto de extremo baixo custo. Seu design é muito quadrado e o interior foca na economia em todos os detalhes.

Chevrolet Cobalt

cobalt 2015 8
cobalt 2015 8

O Cobalt tinha acabado de chegar ao Brasil, com plataforma nova e várias novidades. O espaço interno era ótimo, e as portas grandes facilitavam o acesso.

A posição de dirigir não privilegia aqueles que gostam de uma posição mais baixa, pois o banco do motorista fica alto mesmo regulado mais para baixo.

O principal problema era a falta de força do motor 1.4, que era insuficiente para o carro lotado e com bagagens no porta-malas.

Volkswagen Voyage

volkswagen voyage 2011
volkswagen voyage 2011

O Voyage estava ficando um pouco apagado neste ano, apesar de ainda ser o sedã favorito de milhares de pessoas no país.

A concorrência mais moderna expôs como o acabamento interno do Voyage era ruim, tão refinado quanto um Gol 1.0.

Apesar disso, ainda trazia uma ótima dirigibilidade, e conjunto mecânico exemplar.

Fiat Grand Siena

Fiat Grand Siena Attractive 2012 2
Fiat Grand Siena Attractive 2012 2

O Grand Siena chegou mostrando um design bem moderno para a época. O painel também era atraente, e tinha uma boa qualidade de acabamento.

Na nova geração, o sedã da Fiat passou a ter mais firmeza nas curvas, assim como fazia o Voyage, mas o italiano tinha a vantagem de ser mais confortável no dia-a-dia.

O modelo também oferecia equipamentos exclusivos, como airbags laterais e espelho interno eletrocrômico.

Nissan Versa

versa 2014 3
versa 2014 3

O Versa era uma das melhores compras da época, se não a melhor. Ele não tinha, o mesmo estilo do Grand Siena, mas tinha uma ótima relação custo/benefício.

Com preço de R$ 43.000 na sua versão topo de linha SL, custava pouco a mais do que o JAC J3 Turin, por exemplo.

Onde o Nissan Versa surpreende a todos é no excelente espaço interno, especialmente para os ocupantes do banco traseiro.

Honda City

honda city 2011
honda city 2011

O Honda City era visto como um sedã compacto de nível superior, afinal, tinha preço mais salgado, a partir de R$ 53.000.

Mas ele também entregava uma melhor qualidade de construção, o motorista se sentia mesmo em um carro superior aos citados anteriormente.

Ford New Fiesta

ford new fiesta sedan titanium plus 2015 3
ford new fiesta sedan titanium plus 2015 3

O Ford New Fiesta já não era novidade, mas entregava qualidades únicas e também um design inovador para a época.

Tinha preço de R$ 47.000, um meio termo entre o Honda City e os modelos mais simples.

Ford Fiesta Rocam

Ford Fiesta Rocam Sedan BR spec 2010–14
Ford Fiesta Rocam Sedan 2010

O Fiesta Rocam era de geração mais antiga e isso era visível quando se reparada em seu design e espaço interno.

Mas como ele já estava quase dizendo adeus, a Ford fazia boas promoções, como por exemplo ofertar o modelo 1.6, com pacote completo de equipamentos, a um valor de R$ 35.900.

Só que nesse valor o modelo não tinha ABS e airbag duplo, o que aumentava seu preço em R$ 2.000.

Volkswagen Polo Sedã

Volkswagen Polo Sedan 2011–14
Volkswagen Polo Sedan 2011–14

O Polo Sedã ainda era um bom produto, mas o mercado já o via como cansado e antigo.

A Volkswagen passou a vender ele com freios ABS e airbags em todas as versões, de série, mas as vendas caíram.

Foram de 16.000 em 2010 para 12.000 em 2011. O preço era salgado como o do City, começava em R$ 48.000 na versão 1.6 mas chegava a R$ 57.000 na versão 2.0.

Chevrolet Prisma

prisma 2010 5
prisma 2010 5

Lembra do Prisma antigo? A versão sedã do Celta ainda era vendida em 2012.

O Onix chegaria ao país no final daquele ano, e alguns meses depois chegaria o novo Prisma, que aposentaria o modelo de vez.

E isso foi bom, pois o sedã do Celta era simples e depenado demais, como seu irmão hatch.

Renault Symbol

Renault Symbol Connection 10.2010–03.2011 2
Renault Symbol Connection 10.2010–03.2011 2

A Renault tinha dentro de casa um concorrente para o Symbol.

O Logan fazia da sua vida um inferno, pois se em 2011, 40.000 unidades do Logan tinham sido vendidas, o Symbol tinha ficado com apenas 6.000.

Em 2012, ele custava R$ 39.000, mas o espaço interno de um Clio sedã não chegavam nem aos pés de um Logan, por isso as vendas fracas.

Fiat Siena

Fiat Siena EL 2009 1
Fiat Siena EL 2009 1

A chegada do Grand Siena mexeu nas versões do seu irmão mais simples.

O Siena Fire, que custava apenas R$ 30.000, saiu de linha, e em seu lugar ficou o Siena EL, com motores 1.0 e 1.4.

Com isso, o preço base subiu para cerca de R$ 34.000.

Nissan Tiida Sedã

nissan tiida 18
nissan tiida 18

Este sedã da Nissan, de visual bem duvidoso, tinha sido o sedã compacto menos vendido no Brasil em 2011, com apenas 5.000 unidades.

A marca japonesa faria algumas promoções nos meses seguinte, oferecendo câmbio automático com preço reduzido.

Mas sabemos que a vida do Tiida Sedã no Brasil acabou logo depois.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




Autor: Eber do Carmo

Fundador do jogos fluminense 2023, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no jogos fluminense 2023, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.

jogos fluminense 2023 Mapa do site